Hummmmm, que delícia este post de hoje com SUGESTÕES PARA UMA PASCOA NUTRITIVA E SABOROSA, enviada por nossa nutricionista Viviane Sagrillo…já tô doida para chegar o final de semana e vocês?

Como estamos na Semana Santa gostaria de sugerir ideias de um cardápio nutritivo e variado, uma vez que os pacientes que comem bem durante o tratamento do câncer têm mais condições de vencer os efeitos colaterais causados pela terapia.

Na Sexta-feira Santa, tradicionalmente não devemos consumir carnes em geral, e sim, peixes. É uma ótima opção, por que além de ser uma proteína de excelente qualidade, apresentam uma maior quantidade de gorduras insaturadas (boas para a saúde). Se você pretende preparar bacalhau, prefira a versão assada, acompanhada de legumes, por serem de mais fácil digestão.

Outras sugestões práticas são: peixe no forno (pescada, truta, namorado), temperados com sal e limão e assados com cebolas e batatas em rodelas. Se você aprecia salmão, tempere-o esfregando o sal, unte-o com um pouquinho de azeite e complemente com alho-poró em rodelas, que é bastante diurético, diminuindo os inchaços no corpo.

São bons acompanhamentos: arroz integral ou arroz branco com legumes (enriqueça com fibras – que ajudam no melhor funcionamento do intestino – como abobrinha ralada, cenoura em cubinhos, ervilha, uva-passas, brócolis, etc).

No Domingo Páscoa

Alimente também o coração das pessoas com uma bela decoração. Use flores frescas e capriche na escolha de pratos, taças e guardanapos diferentes.

Para este dia:

Salada de alface americana, rúcula ou agrião, tomate cereja partido ao meio, palmito, Cenoura em lascas (use o descascador de legumes para fatiar a cenoura).

Molho de manjericão (1 maço de manjericão fresco, 2 dentes de alho, 1 pimenta (a de sua preferência), 1 maço de tempero verde (salsa e cebolinha), 300 ml de azeite de oliva, 1 pitada de cominho, 1 colher de vinagre, sal à gosto)

Frango ou carne assada – decorar com farofa em volta. Há quem goste de fazer novamente peixe ou carnes diferentes como cordeiro.

Arroz branco, arroz com passas ou arroz com legumes. Ou então, o uma massa, que pode ser feito com molho de tomate caseiro com folhas de manjericão azeitonas pretas e algum queijo ralado na hora (pode ser parmesão, mussarela ou frescal só não vale aquele de pacotinho)

Para sobremesa frutas como abacaxi, ameixa ou outra de sua preferencia, salada de frutas também é uma boa opção. Caso tenha o chocolate puro (digo sem castanhas e crocantes) pode derrete-lo e comer com frutas.

Como escolher um bom chocolate

O chocolate é um bom alimento e pode estar incluído na dieta. Isso por que os polifenóis, ou compostos fenólicos, presentes no cacau têm sido largamente estudados em razão dos efeitos benéficos que propiciam à saúde, como capacidade antioxidante, atividade cardioprotetora e atividade anti-inflamatória.

Para escolher o chocolate leia a lista de ingredientes, nela os ingredientes sempre aparecem em ordem decrescente de quantidade, então o primeiro ingrediente da lista é o que está presente em maior quantidade no produto.

O chocolate de boa qualidade tem basicamente: pasta de cacau ou massa de cacau, manteiga de cacau, açúcar, leite em pó (no caso de chocolate ao leite) lecitina de soja (por último, em pequena quantidade, é um emulsificante natural).

Vale ressaltar que essas sugestões são validas para todos da família, e caso haja algum alimento ou ingrediente proibido no seu tratamento o mesmo deve ser substituído por outro possível.

Gostaram? Compartilhem esta ideia e veja esta e outras dicas na nossa categoria Saúde Física, lá você irá encontrar muitas dicas para sua saúde e qualidade de vida.

 

 

Feliz Páscoa!